quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Novo Concurso Câmara de São José

A Câmara de São José dos Campos escolheu a Fundação Vunesp para a realização do concurso público que oferecerá 25 vagas de carreira na Casa. O edital está previsto para ser publicado na primeira quinzena de dezembro. A informação foi dada ontem pelo secretário-geral da Câmara, Saulo Monteiro de Souza, que disse ainda que a escolha da Vunesp foi baseada na experiência da entidade e em referências dadas pelo Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça. “A Vunesp é uma instituição que tem técnica, experiência em outros concursos de grande porte e foi a mais indicada”, disse o diretor a O VALE. O Legislativo não terá gastos com a realização do concurso --a Vunesp será remunerada pelas taxas de inscrição dos candidatos, cujos valores ainda não foram definidos. Vagas. Ao todo, o novo concurso da Câmara oferecerá 25 vagas com salários entre R$ 2.700 a R$ 3.900 para cargos de técnico legislativo, técnico especializado e analista (que exigem nível superior e podem ser concorridas por advogados, jornalistas e analistas de sistema). As provas devem ser aplicadas só em 2014. “Pretendemos abrir as inscrições entre dezembro e janeiro. Assim, a Vunesp poderá aplicar a prova no início de fevereiro”, explicou Souza. Após a aplicação das provas, a entidade contratada terá prazo para entregar a lista de aprovados. O tempo de prazo não foi informado. A expectativa é que os aprovados comecem a trabalhar na Câmara ainda no primeiro semestre do próximo ano.

Polêmica. O último concurso público da Câmara de São José ocorreu há quase 20 anos. Em 2009, a Casa chegou a realizar uma seleção para o preenchimento de 33 vagas, mas o processo, que atraiu mais de 18.000 candidatos, acabou anulado após denúncias de irregularidades. “Não estamos trabalhando com nenhuma hipótese de ocorrência de erros. Desta vez, estamos contratando uma instituição idônea e com grande experiência no mercado. Tudo isso para não ter erros e problemas”, disse o secretário-geral. A realização do concurso atende recomendação do Tribunal de Contas, que aponta uma disparidade entre o número de funcionários de carreira e de confiança na Casa.

O NOVO CONCURSO

Edital

A Câmara prevê publicar o edital até dezembro deste ano. As inscrições serão em dezembro e janeiro de 2014

Vagas

São 25 cargos, sendo 16 para técnicos legislativo (R$ 2.700), três de técnicos especializados (R$ 3.250) e seis para analistas (R$ 3.900) --esta última, a única que exige nível superior e que podem ser ocupadas por jornalistas, advogados e analistas de sistemas

Entidade

A entidade escolhida foi a Fundação Vunesp, que será remunerada pelas taxas de inscrição cobradas dos candidatos, sem custos para a Câmara

Prova

Exame está programado para fevereiro. Aprovados serão nomeados até junho

Fonte: O Vale

Novo Concurso Camâra de São José

A Câmara de São José dos Campos escolheu a Fundação Vunesp para a realização do concurso público que oferecerá 25 vagas de carreira na Casa. O edital está previsto para ser publicado na primeira quinzena de dezembro. A informação foi dada ontem pelo secretário-geral da Câmara, Saulo Monteiro de Souza, que disse ainda que a escolha da Vunesp foi baseada na experiência da entidade e em referências dadas pelo Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça. “A Vunesp é uma instituição que tem técnica, experiência em outros concursos de grande porte e foi a mais indicada”, disse o diretor a O VALE. O Legislativo não terá gastos com a realização do concurso --a Vunesp será remunerada pelas taxas de inscrição dos candidatos, cujos valores ainda não foram definidos. Vagas. Ao todo, o novo concurso da Câmara oferecerá 25 vagas com salários entre R$ 2.700 a R$ 3.900 para cargos de técnico legislativo, técnico especializado e analista (que exigem nível superior e podem ser concorridas por advogados, jornalistas e analistas de sistema). As provas devem ser aplicadas só em 2014. “Pretendemos abrir as inscrições entre dezembro e janeiro. Assim, a Vunesp poderá aplicar a prova no início de fevereiro”, explicou Souza. Após a aplicação das provas, a entidade contratada terá prazo para entregar a lista de aprovados. O tempo de prazo não foi informado. A expectativa é que os aprovados comecem a trabalhar na Câmara ainda no primeiro semestre do próximo ano.

Polêmica. O último concurso público da Câmara de São José ocorreu há quase 20 anos. Em 2009, a Casa chegou a realizar uma seleção para o preenchimento de 33 vagas, mas o processo, que atraiu mais de 18.000 candidatos, acabou anulado após denúncias de irregularidades. “Não estamos trabalhando com nenhuma hipótese de ocorrência de erros. Desta vez, estamos contratando uma instituição idônea e com grande experiência no mercado. Tudo isso para não ter erros e problemas”, disse o secretário-geral. A realização do concurso atende recomendação do Tribunal de Contas, que aponta uma disparidade entre o número de funcionários de carreira e de confiança na Casa.

O NOVO CONCURSO

Edital

A Câmara prevê publicar o edital até dezembro deste ano. As inscrições serão em dezembro e janeiro de 2014

Vagas

São 25 cargos, sendo 16 para técnicos legislativo (R$ 2.700), três de técnicos especializados (R$ 3.250) e seis para analistas (R$ 3.900) --esta última, a única que exige nível superior e que podem ser ocupadas por jornalistas, advogados e analistas de sistemas

Entidade

A entidade escolhida foi a Fundação Vunesp, que será remunerada pelas taxas de inscrição cobradas dos candidatos, sem custos para a Câmara

Prova

Exame está programado para fevereiro. Aprovados serão nomeados até junho

Fonte: O Vale

Novo Concurso Camâra de São José

A Câmara de São José dos Campos escolheu a Fundação Vunesp para a realização do concurso público que oferecerá 25 vagas de carreira na Casa. O edital está previsto para ser publicado na primeira quinzena de dezembro. A informação foi dada ontem pelo secretário-geral da Câmara, Saulo Monteiro de Souza, que disse ainda que a escolha da Vunesp foi baseada na experiência da entidade e em referências dadas pelo Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça. “A Vunesp é uma instituição que tem técnica, experiência em outros concursos de grande porte e foi a mais indicada”, disse o diretor a O VALE. O Legislativo não terá gastos com a realização do concurso --a Vunesp será remunerada pelas taxas de inscrição dos candidatos, cujos valores ainda não foram definidos. Vagas. Ao todo, o novo concurso da Câmara oferecerá 25 vagas com salários entre R$ 2.700 a R$ 3.900 para cargos de técnico legislativo, técnico especializado e analista (que exigem nível superior e podem ser concorridas por advogados, jornalistas e analistas de sistema). As provas devem ser aplicadas só em 2014. “Pretendemos abrir as inscrições entre dezembro e janeiro. Assim, a Vunesp poderá aplicar a prova no início de fevereiro”, explicou Souza. Após a aplicação das provas, a entidade contratada terá prazo para entregar a lista de aprovados. O tempo de prazo não foi informado. A expectativa é que os aprovados comecem a trabalhar na Câmara ainda no primeiro semestre do próximo ano. Polêmica. O último concurso público da Câmara de São José ocorreu há quase 20 anos. Em 2009, a Casa chegou a realizar uma seleção para o preenchimento de 33 vagas, mas o processo, que atraiu mais de 18.000 candidatos, acabou anulado após denúncias de irregularidades. “Não estamos trabalhando com nenhuma hipótese de ocorrência de erros. Desta vez, estamos contratando uma instituição idônea e com grande experiência no mercado. Tudo isso para não ter erros e problemas”, disse o secretário-geral. A realização do concurso atende recomendação do Tribunal de Contas, que aponta uma disparidade entre o número de funcionários de carreira e de confiança na Casa.

O NOVO CONCURSO

Edital

A Câmara prevê publicar o edital até dezembro deste ano. As inscrições serão em dezembro e janeiro de 2014

Vagas

São 25 cargos, sendo 16 para técnicos legislativo (R$ 2.700), três de técnicos especializados (R$ 3.250) e seis para analistas (R$ 3.900) --esta última, a única que exige nível superior e que podem ser ocupadas por jornalistas, advogados e analistas de sistemas

Entidade

A entidade escolhida foi a Fundação Vunesp, que será remunerada pelas taxas de inscrição cobradas dos candidatos, sem custos para a Câmara

Prova

Exame está programado para fevereiro. Aprovados serão nomeados até junho

Fonte: O Vale

Novo Concurso Camâra de São José

A Câmara de São José dos Campos escolheu a Fundação Vunesp para a realização do concurso público que oferecerá 25 vagas de carreira na Casa. O edital está previsto para ser publicado na primeira quinzena de dezembro. A informação foi dada ontem pelo secretário-geral da Câmara, Saulo Monteiro de Souza, que disse ainda que a escolha da Vunesp foi baseada na experiência da entidade e em referências dadas pelo Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça. “A Vunesp é uma instituição que tem técnica, experiência em outros concursos de grande porte e foi a mais indicada”, disse o diretor a O VALE. O Legislativo não terá gastos com a realização do concurso --a Vunesp será remunerada pelas taxas de inscrição dos candidatos, cujos valores ainda não foram definidos. Vagas. Ao todo, o novo concurso da Câmara oferecerá 25 vagas com salários entre R$ 2.700 a R$ 3.900 para cargos de técnico legislativo, técnico especializado e analista (que exigem nível superior e podem ser concorridas por advogados, jornalistas e analistas de sistema). As provas devem ser aplicadas só em 2014. “Pretendemos abrir as inscrições entre dezembro e janeiro. Assim, a Vunesp poderá aplicar a prova no início de fevereiro”, explicou Souza. Após a aplicação das provas, a entidade contratada terá prazo para entregar a lista de aprovados. O tempo de prazo não foi informado. A expectativa é que os aprovados comecem a trabalhar na Câmara ainda no primeiro semestre do próximo ano. Polêmica. O último concurso público da Câmara de São José ocorreu há quase 20 anos. Em 2009, a Casa chegou a realizar uma seleção para o preenchimento de 33 vagas, mas o processo, que atraiu mais de 18.000 candidatos, acabou anulado após denúncias de irregularidades. “Não estamos trabalhando com nenhuma hipótese de ocorrência de erros. Desta vez, estamos contratando uma instituição idônea e com grande experiência no mercado. Tudo isso para não ter erros e problemas”, disse o secretário-geral. A realização do concurso atende recomendação do Tribunal de Contas, que aponta uma disparidade entre o número de funcionários de carreira e de confiança na Casa.

O NOVO CONCURSO

Edital

A Câmara prevê publicar o edital até dezembro deste ano. As inscrições serão em dezembro e janeiro de 2014

Vagas

São 25 cargos, sendo 16 para técnicos legislativo (R$ 2.700), três de técnicos especializados (R$ 3.250) e seis para analistas (R$ 3.900) --esta última, a única que exige nível superior e que podem ser ocupadas por jornalistas, advogados e analistas de sistemas

Entidade

A entidade escolhida foi a Fundação Vunesp, que será remunerada pelas taxas de inscrição cobradas dos candidatos, sem custos para a Câmara

Prova

Exame está programado para fevereiro. Aprovados serão nomeados até junho

Fonte: O Vale

Novo Concurso Camâra de São José

A Câmara de São José dos Campos escolheu a Fundação Vunesp para a realização do concurso público que oferecerá 25 vagas de carreira na Casa. O edital está previsto para ser publicado na primeira quinzena de dezembro. A informação foi dada ontem pelo secretário-geral da Câmara, Saulo Monteiro de Souza, que disse ainda que a escolha da Vunesp foi baseada na experiência da entidade e em referências dadas pelo Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça. “A Vunesp é uma instituição que tem técnica, experiência em outros concursos de grande porte e foi a mais indicada”, disse o diretor a O VALE. O Legislativo não terá gastos com a realização do concurso --a Vunesp será remunerada pelas taxas de inscrição dos candidatos, cujos valores ainda não foram definidos. Vagas. Ao todo, o novo concurso da Câmara oferecerá 25 vagas com salários entre R$ 2.700 a R$ 3.900 para cargos de técnico legislativo, técnico especializado e analista (que exigem nível superior e podem ser concorridas por advogados, jornalistas e analistas de sistema). As provas devem ser aplicadas só em 2014. “Pretendemos abrir as inscrições entre dezembro e janeiro. Assim, a Vunesp poderá aplicar a prova no início de fevereiro”, explicou Souza. Após a aplicação das provas, a entidade contratada terá prazo para entregar a lista de aprovados. O tempo de prazo não foi informado. A expectativa é que os aprovados comecem a trabalhar na Câmara ainda no primeiro semestre do próximo ano. Polêmica. O último concurso público da Câmara de São José ocorreu há quase 20 anos. Em 2009, a Casa chegou a realizar uma seleção para o preenchimento de 33 vagas, mas o processo, que atraiu mais de 18.000 candidatos, acabou anulado após denúncias de irregularidades. “Não estamos trabalhando com nenhuma hipótese de ocorrência de erros. Desta vez, estamos contratando uma instituição idônea e com grande experiência no mercado. Tudo isso para não ter erros e problemas”, disse o secretário-geral. A realização do concurso atende recomendação do Tribunal de Contas, que aponta uma disparidade entre o número de funcionários de carreira e de confiança na Casa.

O NOVO CONCURSO

Edital

A Câmara prevê publicar o edital até dezembro deste ano. As inscrições serão em dezembro e janeiro de 2014

Vagas

São 25 cargos, sendo 16 para técnicos legislativo (R$ 2.700), três de técnicos especializados (R$ 3.250) e seis para analistas (R$ 3.900) --esta última, a única que exige nível superior e que podem ser ocupadas por jornalistas, advogados e analistas de sistemas

Entidade

A entidade escolhida foi a Fundação Vunesp, que será remunerada pelas taxas de inscrição cobradas dos candidatos, sem custos para a Câmara

Prova

Exame está programado para fevereiro. Aprovados serão nomeados até junho

Fonte: O Vale

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Confira o gabarito da avaliação do processo seletivo simplificado, para professores temporários

A avaliação, realizada domingo (20), contou com a participação de 36 mil docentes da rede estadual

Os docentes candidatos à contratação temporária que realizaram a prova para o processo seletivo simplificado neste domingo (20) já podem conferir o gabarito do exame. As respostas também serão publicadas no Diário Oficial de amanhã (22).

Clique aqui para acessar o gabarito

Os candidatos poderão recorrer das questões e do gabarito da prova no prazo de dois dias, contados a partir da data de publicação. O recurso deverá ser encaminhado para o site da Fundação Vunesp

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Processo Simplificado para Docentes

Acontece no próximo dia 20 de outubro o processo seletivo simplificado para educadores efetivos e estáveis interessados em acumular como professores temporários e, também, para os docentes candidatos à contratação temporária, que ainda não pertencem à rede estadual de ensino. A informação foi publicada nessa sexta-feira (11), no Diário Oficial do Estado.

- Confira aqui o edital de convocação para a prova

A prova terá duração de quatro horas e começará a partir das 8h30, com 80 questões objetivas, para docentes de todas as disciplinas dos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio, além dos professores de Educação Especial. Para os interessados em atuar nas classes dos anos iniciais do Ensino Fundamental, a prova terá 60 questões objetivas e começará a partir das 14h30. O local de realização das provas pode ser consultado aqui, na opção “local de prova”

Trabalho Profa Cleonice - Vícios na adolescência

Ocorreu um erro neste gadget

Publicidade2

Um dia você aprende - William Shakespeare

O Caderno