domingo, 5 de agosto de 2012

Cursos técnicos garantem salários maiores no mercado

Folha de S. Paulo

Levantamento feito pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) mostra que, em diversos Estados, um diploma de ensino técnico vale mais do que um certificado de curso universitário.

O levantamento identificou as 21 profissões técnicas mais valorizadas do Brasil, resultado da maior procura por mão de obra especializada. Lideram a lista manutenção em aeronaves, mineração, mecatrônica, construção civil e petróleo e gás.

Os salários médios de admissão variam de R$ 1.500 a R$ 2.500. Após dez anos de experiência, variam entre R$ 3.600 e R$ 7.000.

Em SP, a procura maior é por projetistas e técnicos em manutenção, com salário de R$ 4.100 e R$ 3.500.

Além dos salários competitivos, conta a favor da formação técnica a entrada mais rápida no mercado. Nas contas da CNI, um aluno faz um curso técnico em 18 a 24 meses. Já na faculdade, o prazo, em geral, é de quatro anos. Hoje, há 882 mil trabalhadores com diploma técnico no país. O setor criou 36 mil novos postos de trabalho de abril de 2011 a março deste ano. O resultado só não foi melhor por conta da crise internacional.

Fonte: Agora 05/08/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trabalho Profa Cleonice - Vícios na adolescência

Ocorreu um erro neste gadget

Publicidade2

Um dia você aprende - William Shakespeare

O Caderno